Vegetarianismo na Gravidez

A alimentação da grávida é de extrema importância para o desenvolvimento do embrião e do feto. Assim, uma grávida vegetariana necessita estar constantemente a par de como se encontram os nutrientes no seu organismo como o cálcio, as proteínas, ácido fólico e o ferro.

Uma grávida mal alimentada pode provocar danos graves no desenvolvimento do feto, Sendo a gravidez uma fase de aumento de todas as necessidades, uma grávida precisa de cerca de 300 quilocalorias a mais, em relação à sua anterior dieta.

Deste modo, a escolha dos alimentos é de extrema importância, para que possam fornecer todos os nutrientes, fibras, minerais, vitaminas e proteínas à grávida e ao feto.É de todo possível conciliar uma gravidez com uma alimentação vegetariana, sendo que quando bem equilibrada, pode beneficiar a saúde da grávida e do feto. Assim a grávida necessita estar atenta aos nutrientes que o seu organismo necessita:

Proteínas
às proteínas essenciais durante o estado de gravidez e que contribuem para um bom desenvolvimento do feto e da placenta. A necessidade de proteínas aumenta no estado de gravidez, sendo necessário aumentar diariamente a sua ingestão, que se encontra presente no leite de soja, nas leguminosas, no tofu, no tempeh e seitan.
 Ferro
As necessidades de ferro aumentam consideravelmente durante a gravidez, devido principalmente ao aumento do volume sanguíneo do feto e devido à formação de novo sangue no feto. A alimentação precisa ser à base de feijão, grão, lentilhas, legumes de folhas verdes, tofu e vitamina C (para o organismo absorver mais facilmente o ferro).
Cálcio
O cálcio é bastante importante no desenvolvimento dos dentes e tecido ósseo do feto. Nesta fase é grande a absorção de cálcio, sendo para isso necessária a ingestão diária de cálcio, em mulheres gestantes vegetarianas ou não. Deve ser ingerido assim maiores quantidades de soja, cereais, vegetais de folhagem verde e tofu.
Vitamina D
A vitamina D é bastante importante para realizar a manutenção do cálcio absorvido pelo organismo da mãe. Assim é necessário ingerir a dose certa de alimentos como os cereais e o leite de soja enriquecido .
Ácido Fólico
O ácido fólico permite a boa formação do tubo neural, responsável pelo desenvolvimento do sistema nervoso. Este é formado nos períodos férteis da mulher, mesmo antes do feto estar formado, sendo importante que todas as mulheres consumam boas quantidades de vegetais de folha verde. Neste caso, as mulheres vegetarianas possuem mais facilidade em obter a dose mínima de ácido fólico.
Vitamina B12
A vitamina B12 é responsável por fazer o controlo da divisão celular e uma eficaz síntese proteica. A mulher grávida terá de assegurar que ingere a dose diária adequada desta vitamina que se encontra presente nos cereais e produtos à base de soja.
Zinco
As doses diárias de zinco durante a gravidez aumentam consideravelmente, sendo que uma alimentação deficiente em zinco pode provocar problemas graves durante o parto. Normalmente as mulheres tendem a não ingerir as doses mínimas recomendadas de zinco diárias, pelo que as mulheres devem ingerir diariamente legumes, frutos oleginosos e leguminosas.

Vegetarianismo e Gravidez